TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro

São 1.654 vagas, incluindo presidente, governador, senador e deputado

Mais de 23 mil candidatos a presidente, governador, senador e deputado federal, estadual e distrital vão disputar os votos de 147,3 milhões de eleitores brasileiros, segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Encerrado o prazo para registrar as candidaturas, 13 nomes se apresentaram para disputar o Palácio do Planalto em outubro.
Para governador, segundo a última atualização do Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestação de Contas, 171 candidatos pediram registro. Desses, 17 disputam a reeleição. O PSOL foi o partido que lançou o maior número de candidatos a governador, seguido do PSTU e do PT.

O TSE contabiliza até agora 6.982 candidatos para disputar as 513 vagas de deputado federal. Para deputado estadual e distrital, são 15.605 concorrentes a 1.059 vagas nas assembleias legislativas e na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Mais 295 concorrem a 54 cadeiras no Senado.

Considerando o total de 23.812 candidatos a todos os cargos em disputa nas eleições de outubro, o PSL foi o partido que apresentou o maior número de concorrentes (1.259), seguido do PSOL (1.201), do PT (1.075) e do MDB (1.009). Desse contingente, 30,6% são mulheres, cumprindo a meta prevista na legislação.

Quase a metade dos candidatos têm ensino superior e 55% são casados. A maioria tem entre 35 e 59 anos de idade, mas há 50 candidatos na faixa de 80 a 84 anos.

O total de candidatos em 2018 é menor que o registrado em 2014 (26.162). Os dados podem sofrer ajustes conforme a Justiça Eleitoral vá julgando os pedidos de registro.

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Inicialmente, os estudantes tinham até o dia 30 de abril para fazer a renovação.

O prazo para renovar o contrato do primeiro semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado para o dia 10 de maio. Inicialmente, os estudantes tinham até o dia 30 de abril para fazer a renovação.

Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies). Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro – Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal – para concluir a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o tempo para renovação foi ampliado devido a instabilidades no sistema SisFies em função do grande número de acessos.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.
Área de anexos

Saúde espera vacinar contra H1N1 quase 1,6 milhão dos grupos prioritários

Ministério da Saúde vai enviar 1.752.600 doses para Goiás. Próxima remessa está prevista para dia 24.

O aumento no múmero de casos de H1N1 em Goiás deixa o Estado em alerta para epidemia. O último Boletim Epidemiológico confirma 577 casos de Síndrome Respiratório Aguda Grave (Srag) em 2018: 103 casos de influenza, 92 por H1N1, 10 por H3n2 e um por Influenza B. Outros 224 casos estão em investigação.

A Secretaria da Saúde garante que apesar dos casos de H1N1 ter crescido nas últimas semanas, está abaixo dos números de 2016, ano com alta incidência da doença. No mesmo período daquele ano foram confirmados 152 casos, com 35 mortes.

Segundo a gerente de Vigilância Epidemiológica da SES, Magna Maria de Carvalho, todas as ações estão sendo feitas para o enfrentamento desse cenário. “Agimos rápido e sensibilizamos o Ministério da Saúde para que antecipasse o envio das doses para Goiás, criamos um comitê para discutir em conjunto com os municípios medidas estratégicas, ampliamos a oferta do número de leitos para o atendimento a pacientes graves e o medicamento indicado para o tratamento não está em falta”, disse.

Ela ainda frisou que Goiás não está em uma epidemia da doença, mas que todas as ações de controle foram realizadas tendo como referência esse cenário. A gerente também destaca que 92% das mortes por H1N1 aconteceram em pacientes que estavam nos grupos de risco. “Por isso a importância de respeitar a vacinação para esse público, já que são mais suscetíveis ao agravamento da doença”, disse ao pontuar que mesmo as pessoas que foram vacinadas devem continuar com as medidas de prevenção.

Entre medidas de prevenção estão em não levar crianças muito pequenas, gestantes ou idosos em locais onde há aglomeração; lavar, sempre, as mãos com água e sabão ao voltar da rua ou sempre que tiver contato com muitas pessoas; usar lenços de papel ao tossir e espirrar e, diante de qualquer sinal de alarme como febre alta, falta de ar e dor no corpo procurar, imediatamente, auxílio médico.

Perguntada sobre notícias de roubo de vacina em posto de Saúde, Magna esclareceu que qualquer cidadão, caso perceba alguma irregularidade, pode denunciar para as secretarias municipais ou mesmo a ouvidoria do SUS em Goiás, pelo telefone 0800-6433700.

Devido ao aumento do número de casos de Srag em Goiás, o Ministério da Saúde antecipou a Campanha de Vacinação contra Influenza no Estado, que começou na última sexta-feira, 13 e vai até o dia 1º de junho. A SES recebeu do MS, até o momento, 948 mil doses da vacina, incluindo as 300 mil recebidas nesta terça-feira, 17. Ao todo o Ministério enviará 1.752.600 doses para o Estado.

A próxima remessa das vacinas está prevista para chegar na terça-feira, dia 24, com 279 mil doses. No total o MS enviará seis remessas da vacina até o final da campanha. “A SES, junto com o Ministério da Saúde, se planejou para receber as doses da vacina em um intervalo de tempo adequado para que não tenha déficit de vacinas”, comentou Joice. A previsão é vacinar um total de 1.593.242 pessoas dos grupos prioritários.

Joice ainda explica que todas as doses são suficientes para vacinar os grupos prioritários definidos para a imunização, que no primeiro momento os trabalhadores da saúde, os idosos e pacientes com doenças crônicas. Depois será a vez de crianças, gestantes, mães de resguardo, professores, e população privada de liberdade, além dos indígenas, conforme as datas estabelecidas.

Confira as datas:

– 13/04 a 20/5 – idosos, trabalhadores da saúde e portadores de doenças crônicas

– 23/04 a 27/04 – gestantes, mães em resguardo do pós-parto e crianças de 6 meses a 5 anos

– 30/04 a 11/05 – professores

– 12/05 – Todos os grupos prioritários

– 14/05 a 01/06 – Todos os grupos prioritários

– 13/04 a 01/06 – Indígenas

– População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional: agendamento feito pelo município.

Defesa de Lula protocola pedido de habeas corpus junto ao STJ

O pedido foi apresentado após o juiz Sérgio Moro ter determinado que Lula se apresente hoje à Polícia Federal em Curitiba (PR)

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolou nesta sexta-feira (6) um pedido de habeas corpus (HC) junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob a argumentação de ainda haver recursos a serem analisados pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Por ser o relator da Operação Lava Jato no STJ, caberá ao ministro Félix Fischer decidir sobre o HC.

Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato. O HC visa evitar a prisão imediata do ex-presidente.

O pedido foi apresentado após o juiz Sérgio Moro ter determinado que Lula se apresente hoje à Polícia Federal em Curitiba (PR), onde deverá dar início ao cumprimento da pena.

A medida foi tomada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que negou no dia 4 um habeas corpus protocolado pela defesa do ex-presidente para mudar o entendimento firmado pelo STF em 2016, quando foi autorizada a prisão após o fim dos recursos naquela instância.
Na decisão, Moro explicou que, embora caiba mais um recurso contra a condenação de Lula, os chamados embargos dos embargos, a medida não poderá rever os 12 anos de pena.

“Hipotéticos embargos de declaração de embargos de declaração constituem apenas uma patologia protelatória e que deveria ser eliminada do mundo jurídico. De qualquer modo, embargos de declaração não alteram julgados, com o que as condenações não são passíveis de alteração na segunda instância”, disse Moro.

Defesa

Em nota, Cristiano Zanin, advogado de Lula, afirmou que a expedição do mandado de prisão contraria uma decisão do TRF-4, tomada em janeiro, que condicionaria a detenção após o fim de todos os recursos, fato que ainda não ocorreu.

“A defesa sequer foi intimada do acórdão que julgou os embargos de declaração em sessão de julgamento ocorrida no último dia 23/03. Desse acórdão ainda seria possível, em tese, a apresentação de novos embargos de declaração para o TRF4”, afirmou a defesa.

Sine Municipal oferece 49 vagas servente de limpeza exclusivas para pessoa com deficiência

No total, unidade da Prefeitura divulga 246 oportunidades de trabalho nesta terça-feira

As ofertas de emprego divulgadas pelo Sine Municipal para pessoas com deficiência (PCD) reúnem, hoje, dia 27, 90 oportunidades de atuação em dez áreas distintas. O maior quantitativo é para a função de servente de limpeza, que possui 49 vagas, seguida pelo cargo de atendente em central telemarketing, com 15; atendente de farmácia, com dez; auxiliar de estoque, com cinco; controlador de entrada e saída, com quatro; agente de passagens, enfermeiro, socorrista (exceto médicos e enfermeiros) e vendedor interno, cada uma com uma vaga.

Além dos ofícios oferecidos exclusivamente para PCD, o Sine Municipal também tem em seu cadastro de empregos outras 156 vagas, distribuídas em 55 funções. O alto número de vagas está concentrado nas áreas de consultor de vendas, que tem 17 ofertas; vendedor pracista, com 12; ascensorista, atendente de telemarketing, manicure, promotor de vendas e representante comercial autônomo, com dez postos de trabalho nestas últimas cinco atividades.

O atendimento no Sine Municipal ocorre entre 7h30 e 18h. Interessados em alguma das vagas devem preencher o documento de solicitação na própria unidade da Sedetec, que está localizada no térreo do Edifício Pathernon Center, Setor Central de Goiânia. Além disso, é necessário apresentar as carteiras de Identidade e Trabalho, CPF e comprovante de endereço atualizado.

Após avaliação do perfil profissional do candidato, a equipe do Sine Municipal faz o encaixe com as exigências definidas para ocupação das vagas de emprego. Satisfazendo as duas partes, a unidade da Prefeitura de Goiânia faz o encaminhamento da pessoa à empresa que cadastrou a oferta.

Outra opção para aqueles que não têm a disponibilidade de comparecer na sede do Sine é o aplicativo Sine Fácil. Por meio da ferramenta gratuita e que pode ser baixada no Google Play, é possível agendar entrevistas de emprego para as vagas disponíveis, caso o cadastro e currículo estejam devidamente atualizados. Com o sistema, é possível acompanhar ainda a situação do benefício do seguro-desemprego e atualizar o cadastro junto ao Ministério do Trabalho (Mtb), ato que deve ser feito regularmente, segundo a instituição.

Oportunidades do dia

Ajudante de eletricista 1
Aplicador de asfalto impermeabilizante (coberturas) 2
Aplicador serigráfico em vidros 1
Arqueador de molas 1
Arrumador no serviço doméstico 1
Arte-finalista 2
Ascensorista 10
Atendente de telemarketing 10
Auxiliar de cobrança 1
Auxiliar financeiro 1
Auxiliar mecânico de ar condicionado 1
Açougueiro 2
Barman 2
Borracheiro 1
Caldeireiro montador 1
Caseiro 1
Chefe de serviço de limpeza 1
Colorista 1
Consultor de vendas 17
Costureira de máquina reta 1
Costureiro de colchões 4
Cozinheiro de restaurante 1
Cozinheiro geral 2
Desossador 3
Encarregado de expedição 1
Engenheiro de produção 1
Forneiro de padaria 1
Impressor serigráfico 1
Instalador de alarme 1
Manicure 10
Marceneiro 5
Mecânico 2
Mecânico de instalação de freios 1
Mecânico de manutenção de ar condicionado 1
Mecânico de manutenção de máquinas de construção civil 1
Nutricionista 1
Operador de instalação de ar-condicionado 1
Operador de máquinas fixas, em geral 1
Pintor de automóveis 6
Preparador de tintas 1
Promotor de vendas 10
Pós-produtor de tv e vídeo 1
Representante comercial autônomo 10
Serrador de parte dianteira 2
Serralheiro 4
Técnico de manutenção eletrônica 1
Técnico de manutenção elétrica de máquina 1
Técnico de refrigeração (instalação) 2
Técnico eletrônico 1
Técnico em eletromecânica 1
Técnico em radiologia 1
Técnico em segurança do trabalho 5
Vendedor interno 1
Vendedor pracista 12
Zelador 1

Vagas exclusivas para pessoa com deficiência

Agente de passagens 1
Atendente central telemarketing 15
Atendente de farmácia (balconista) 10
Auxiliar de estoque 5
Auxiliar de pessoal 3
Controlador de entrada e saída 4
Enfermeiro 1
Servente de limpeza 49
Socorrista (exceto médicos e enfermeiros) 1
Vendedor interno 1

Receita começa a receber hoje a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física

O prazo para entrega vai até 30 de abril

A Receita Federal recebe a partir das 8h de hoje (1º) as declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2018, ano-base 2017. O prazo para entrega vai até 30 de abril. A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares.

Este ano, é obrigatória a apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para dependentes a partir de 8 anos de idade, completados até o dia 31 de dezembro de 2017. Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.

Segundo a Receita, é obrigado a declarar quem recebeu em 2017 rendimentos tributáveis em valores superiores a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima de R$ 142.798,50. O Fisco espera receber, este ano, 28,8 milhões de declarações do IRPF, 300 mil a mais do que em 2017 (28,5 milhões).

Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; as que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que realizaram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda.

Trabalhadores nascidos em março e abril podem sacar abono salarial

Os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016

Começa hoje (22) o pagamento do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) do calendário 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril. Segundo a Caixa Econômica Federal, os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016. Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1 e movimentação receberam o crédito automático na última terça-feira (20).

Os pagamentos são feitos conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. Os últimos a sacar serão os nascidos em maio e junho, a partir de 15 de março.

São liberados R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário. Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para mais de 3,745 milhões de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A Caixa lembra que tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco público, apresentando o documento de identificação. O trabalhador vinculado a empresa pública com inscrição no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Adotado em três regiões do país, horário de verão termina no próximo domingo

No final do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica.

Brasileiros das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar seu relógio em uma hora, a partir da 0h do próximo domingo (18), quando encerra o período de horário de verão 2017/2018, que entrou em vigor desde 15 de outubro e que tem como finalidade reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h.

Além do Distrito Federal, dez estados precisarão adaptar seus ponteiros: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo. A população do Norte e do Nordeste não é afetada porque os estados da região não são incluídos no horário de verão.
Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em 2013 o Brasil, com essa providência, economizou R$ 405 milhões, ou 2.565 megawatts (MW). No ano seguinte, essa economia baixou para R$ 278 milhões (2.035 MW) e, em 2015 caiu ainda mais, para R$ 162 milhões. Em 2016, o valor sofreu nova queda, para R$147,5 milhões.

Essa menor influência observada pode ser explicada pelo fato de parcelas significativas das zonas sujeitas à medida têm intensificado o uso de equipamentos como o ar condicionado, como forma de aplacar o calor, elevando a demanda pela energia elétrica. Ainda que já dispensem as lâmpadas incandescentes, substituindo-as por modelos mais econômicos.

No final do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica. Apesar disso, acabou apenas abreviando o período 2018/2019 em duas semanas, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para facilitar a apuração dos votos das eleições. Com isso, o horário de verão de 2018 passará a ser adotado no primeiro domingo de novembro.

“A avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados neste ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico”, escreveu o ministério em nota, em outubro do ano passado.

UFG abre inscrições de concurso público para 118 vagas de técnico-administrativo

Oportunidades são para níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 2,4 mil a R$ 4,1 mil

O Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG) abriu, nesta sexta-feira (9), as inscrições para 118 vagas de um concurso público para os níveis médio e superior, para preencher o quadro técnico-administrativo da instituição. O regime de trabalho previsto é de 40h, com salário variando entre R$ 2,4 mil e R$ 4,1 mil.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, até o dia 2 de março. As oportunidades são para trabalhar como técnico em laboratório, em audiovisual, enfermeiro, geógrafo, pedagogo, entre outros.

As provas devem ser realizadas no dia 8 de abril, mesma data em que o gabarito preliminar e as respostas esperadas da prova discursiva serão divulgados. As provas práticas serão aplicadas entre os dias 5 e 13 de maio.

De acordo com a UFG, os aprovados no concurso serão conhecidos no dia 28 de junho. Eles serão lotados nas unidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, em Jataí, no sudoeste goiano, Catalão, na região sudeste, e na cidade de Goiás.

Petrobras vai modificar forma de divulgar reajuste da gasolina e diesel

Parente diz que anúncio de reajuste de preços da gasolina e diesel terá base nos preços médios.

A Petrobras decidiu alterar o sistema de divulgação dos reajustes dos preços da gasolina e do diesel nas suas refinarias. Agora, os anúncios serão com base nos preços médios e não mais por percentuais como vinha sendo feito, tanto para os casos de altas como de redução. Durante um encontro na tarde deda diretoria executiva da empresa com um grupo de jornalistas, o presidente da companhia Pedro Parente informou que a mudança é para dar mais transparência aos reajustes anunciados pela empresa, que seguem o movimento do mercado.

“Antes, a empresa divulgava um percentual de aumento ou de diminuição de preços médios no país. O que vamos passar a informar é o valor de preço médio de venda no país do diesel e da gasolina, dando maior transparência à informação que a empresa fornece. O objetivo é exatamente esse, de dar essa maior transparência”, disse.

De acordo com Pedro Parente a previsão da companhia é colocar em prática o novo sistema após o carnaval. “Devemos fazer essa mudança na semana seguinte à semana do carnaval, daqui a uns dez, onze dias”, informou.

Para o presidente da Petrobras, a informação ficará mais clara para o consumidor, que poderá avaliar a diferença entre o preço anunciado pela estatal e o que ele paga nos postos de combustíveis. “Acho que fica mais claro para o consumidor, porque antes era um percentual que era informado e agora se tem uma informação absoluta de quanto a Petrobras, em média, está vendendo o litro da gasolina e do diesel nas suas refinarias”, disse.

Pedro Parente destacou que a Petrobras não tem poder de influenciar o preço ao consumidor, mas aumentando a transparência dá ao consumidor e à sociedade como um todo a possibilidade de avaliar de maneira completa a cadeia de produtos provenientes do petróleo.
Pasadena

Com relação à venda da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, o presidente disse que não há como estimar o valor que a petroleira deve conseguir com a venda do ativo, mas a expectativa é conseguir o melhor resultado possível.

Pedro Parente observou que não está sendo oferecida apenas a refinaria, mas tudo que pertence a ela, inclusive um terreno, valorizado, onde está instalada. “Quando se coloca um ativo à venda, esse ativo inclui toda parte de bens, equipamentos, instalações e terrenos. Acontece que em Pasadena temos uma área que está dentro da propriedade da refinaria que tem um posicionamento logístico privilegiado e que, portanto, no nosso modo de ver, a se confirmar no processo de venda, pode atrair e melhorar a valoração do ativo para efeito de sua venda”.

Privatização

Sobre a possibilidade de privatização da Petrobras, defendida pelo governador de São Paulo, Geraldo Alkimin, o executivo disse que no momento atual essa discussão não faz sentido, e que qualquer discussão sobre eventual possibilidade de privatização da Petrobras, agora, representaria um efeito perturbador muito grande. “Tenho dito isso e repetido e volto a repetir, além da minha visão de que a sociedade brasileira não deseja a privatização da Petrobras.

Comperj

Pedro Parente disse que a companhia continua em negociação de uma parceria para a conclusão das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, na região metropolitana do Rio. O resultado das negociações, segundo ele, pode ser anunciado em três meses. Ao ser questionado se seria com a chinesa CNPC, disse que não desmentiria e nem confirmaria o nome da parceira, mas se mostrou otimista.

“Tivemos uma reunião com esse parceiro na semana passada que foi positiva. Vocês [se dirigindo aos jornalistas] também sabem que essas coisas a gente só sabe se vão acontecer quando a gente tem um documento assinado. Esse documento não foi assinado ainda, mas foi bastante positiva a reunião da semana passada”, informou.​